Primeiro batalhão francês chegará ao Líbano na próxima semana

O primeiro batalhão francês para reforçar a Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) sairá da Françaem 4 de setembro, anunciou nesta quinta-feira a ministra da Defesa francesa, Michèle Alliot-Marie, em entrevista coletiva junto com todos seus colegas de governo em Troyes, no centro-leste da França.Trata-se de um batalhão procedente de Orleans (centro), quechegará ao Líbano seis dias depois, e ficará em operação a partir do dia 15. O batalhão é formado por 900 militares, treze carros de combate "Leclerc" e artilharia pesada. Outro batalhão deve ir ao Líbano nos próximos dias.A ministra lembrou que a França enviou 200 soldados de forma urgente à zona há apenas uma semana, que se somaram a outros 200 que estavam antes.No total, a França enviará 2.000 militares à Finul. Um general francês ficará responsável pelo comando da força até fevereiro do ano que vem.Neste momento, a França está na fase de envio à zona de "umdispositivo de reforço pesado da Finul, com meios potentes,especialmente carros de combate ´leclerc´".Também estava presente nessa reunião o ministro das Relações Exteriores, PhilippeDouste-Blazy, que reafirmou que "não poderá haver uma solução" na zona "sem acordo político".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.