Primeiro casamento gay é realizado do Nepal

Uma cerimônia hindu uniu em casamento dois homens, de 25 e 21 anos, que agora são o primeiro casal público gay do Nepal, pequeno país do sul da Ásia, informa o jornal nepalês "Kantipur". O casamento foi realizado no sábado na Sociedade do Diamante Azul (BDS, em inglês), uma organização de gays, lésbicas e transexuais que assegura contar com 20 mil integrantes no Nepal. Anil Mahaju, de 25 anos, e Diya Kashyap, de 21, são naturais de Katmandu. "Nos gostamos, por isso decidimos nos casar", resume Diya, enquanto Anil completa: "Esperamos dar um exemplo para que outros gays e lésbicas saiam do armário". A legislação não reconhece os casamentos homossexuais no Nepal, um país muito tradicional mas onde, recentemente, pessoas do mesmo sexo decidiram expressar publicamente o amor entre elas. O presidente da Sociedade do Diamante Azul, Sunil Babu Panta, disse esperar que este casamento "mude as percepções de muitos cidadãos do Nepal sobre os gays". Não faz muito tempo, a polícia do Nepal agredia gays e lésbicas, mas mudou de postura quando, em abril, uma revolta popular acabou com o absolutismo do rei Gyanendra e restaurou a democracia no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.