Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Primeiro-ministro apoia Sarkozy para a presidência na França

O primeiro-ministro francês, Dominique de Villepin, declarou nessa segunda-feira seu apoio a campanha presidencial do também conservador mas rival de longa data, Nicolas Sarkozy. O anúncio foi feito um dia após Jacques Chirac formalmente se retirar da disputa.Villepin, considerado um presidenciável em potencial, não declarou apoio enquanto o presidente ainda não havia formalmente avisado a nação no sábado à noite que não tentaria um terceiro mandato.Sarkozy espera agora o apoio de Chirac, que é largamente esperado, uma vez que Villepin - provável opção de Chirac para sucedê-lo - formalmente declarou seu apoio a Sarkozy."Ação e experiência ´moldaram´ Sarkozy", que é ministro do Interior, e "hoje colocam-no numa posição que o permite assumir a presidência", disse Villepin do candidato considerado favorito para chegar ao segundo turno, em maio, como mais votado."Estarei ao lado dele", disse Villepin na rádio Europe-1. "Estivemos juntos no governo, e estaremos juntos nessa batalha". Uma pesquisa publicada na segunda-feira pela TNS-Sofres aponta os três candidatos mais fortes praticamente empatados na corrida pela presidência. Sarkozy lidera com 27%, Segolene Royal, socialista, vem atrás com 25.5% e o moderado François Bayrou, uma surpresa nas pesquisas, aparece com 23% das intenções de voto. Sarkozy disse que se recusa a se apresentar como sucessor de Chirac. "Compartilhamos várias coisas", disse, mas ressaltou que a "França é uma república. Não há herdeiros (no poder)".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.