Primeiro-ministro australiano faz visita surpresa ao Iraque

O primeiro-ministro da Austrália, John Howard, chegou neste sábado, 17, a Bagdá em visita surpresa, informou a rede de televisão estatal Al Iraqiya. Na capital iraquiana, Howard se reuniu com o primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki. Outros meios de comunicação locais informaram que Howard se encontrou com os soldados australianos da força multinacional no Iraque posicionadas perto do aeroporto internacional de Bagdá. A presença militar australiana no Iraque é a terceira maior entre as de países estrangeiros, menor apenas que a dos Estados Unidos e a do Reino Unido.A Austrália, forte aliada dos EUA que enviou tropas ao Iraque desde o princípio da invasão, se comprometeu recentemente a enviar entre 50 e 70 novos instrutores e a manter seus 900 soldados no país árabe, 550 deles em Tallil, no sul do país.Na quinta-feira, Howard já tinha feito uma visita surpresa às tropas de seu país no Afeganistão, onde anunciou que a Austrália está disposta a enviar mais soldados para lutar contra a insurgência Taleban, que recupera posições.O primeiro-ministro visitou os soldados estabelecidos em Tirin Kot, a capital da província de Uruzgan, no sul do país, e depois se reuniu com o presidente afegão, Hamid Karzai.A visita acontece no mesmo dia em que manifestantes de todo o mundo, inclusive da Austrália, fazem protesto contra invasão do exército da coalizão no Iraque, que completa quatro anos na próxima quarta-feira, 20. Os protestos estão marcados durante a semana em vários países. Na sexta-feira, 16, centenas de manifestantes foram presos nos EUA enquanto protestavam em frente à Casa Branca.Também foram registradas manifestações em Chipre, Espanha, Coréia do Sul e Turquia, onde mais de 3 mil pessoas protestaram em duas concentrações na capital do país, Istambul. Eles carregavam cartazes com dizerem como "Bush, volte para casa", "Somos todos iraquianos" e "Bush, nos fale o número de crianças que você matou hoje".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.