Primeiro-ministro australiano qualifica laços com o Japão de estratégicos

O premiê buscará em seu encontro com seu colega japonês, impulsionar a cooperação em matéria de segurança

EFE,

08 de junho de 2008 | 02h06

O primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, qualificou, neste domingo, os laços de seu país com o Japão de primeira ordem antes de viajar rumo ao país para sua primeira visita oficial, apesar das divergências sobre a caça de baleias. "O Japão é um companheiro chave em nosso compromisso em assuntos estratégicos, de segurança e econômicos. A região Ásia-Pacífico integra muitas nações importantes, e o Japão é crucial", disse o trabalhista Rudd antes de entrar no avião em Canberra. O premiê australiano acrescentou que buscará em seu encontro com seu colega japonês, Yasuo Fukuda, impulsionar a cooperação em matéria de segurança. A oposição parlamentar a Rudd disse hoje que a visita oficial não transcorrerá no melhor dos momentos das relações bilaterais, prevendo que o primeiro-ministro terá que fazer "sérios acertos". Rudd estará no Japão entre os dias 8 e 12 de junho, passando pela Indonésia em sua volta para casa.

Mais conteúdo sobre:
JAPÃOAUTRÁLIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.