Primeiro-ministro canadense deve suspender Parlamento

O primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, recebeu autorização para suspender o Parlamento, uma decisão que permite a ele adiar uma votação que poderia derrubar seu recém-instalado governo. Harper disse que a governadora-geral do Canadá, Michaëlle Jean, concordou, numa reunião realizada hoje, com seu pedido para que o Parlamento fique fechado até que ele possa apresentar um novo orçamento em janeiro.A governadora-geral é a representante da rainha Elizabeth II da Inglaterra no Canadá. Se ela tivesse rejeitado o pedido, Herper seria obrigado a renunciar ou a enfrentar uma moção de censura da qual quase certamente sairia derrotado.A medida não tem precedentes e vem à tona menos de dois meses depois de Harper ter conseguido a reeleição. A oposição acusa o chefe de governo de não possuir um plano sólido para recuperar a economia do país. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.