Primeiro-ministro da ANP pede que palestinos se unam

O primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Ismail Haniyeh, pediu neste domingo, 8, que o povo palestino se una e evite atravessar a "linha vermelha" de uma guerra civil.Durante jantar com cerca de 300 personalidades políticas e religiosas na Cidade de Gaza, Haniyeh pediu calma aos palestinos. "Temos que fazer o que estiver ao nosso alcance para impedir uma guerra interna, que é uma linha vermelha."No encontro que comemorou o término do jejum do Ramadã, Haniyeh destacou: "Nossas diferenças, nossos problemas e nossa luta devem ser contra a ocupação."Sobre os recentes confrontos entre seguidores do presidente da ANP, Mahmoud Abbas - pertencente ao Fatah -, e membros do Hamas, que estão à frente do Governo, Haniyeh disse que "as desavenças devem se transformar em argumentos na cena política".O primeiro-ministro declarou ainda que todas as facções devem somar forças para consolidar um corpo político unido que represente o povo palestino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.