Primeiro-ministro da Austrália convoca eleições para outubro

O primeiro-ministro John Howard convocou hoje eleições gerais para 9 de outubro, quando buscará um quarto mandato para seu governo conservador contra uma fortalecida oposição representada pelo Partido Trabalhista. As pesquisas apontam empate técnico.A situação da economia e a guerra no Iraque devem ser, segundo analistas, os temas centrais da campanha. Ao anunciar a data, Howard disse aos australianos, numa entrevista coletiva televisionada, que a eleição é sobre confiança."Em quem vocês confiam para manter a economia forte e para proteger o padrão de vida da família?" perguntou. "Em quem vocês confiam para liderar em nome da Austrália a luta contra o terrorismo internacional?" Os eleitores terão a oportunidade de escolher entre manter o controvertido engajamento militar de Howard no Iraque ou apoiar a proposta do líder trabalhista Mark Latham, de 43 anos, de retirar os centenas de soldados australianos do Oriente Médio até o Natal e reforçar a ajuda econômica ao Iraque. A questão do Iraque faz lembrar a votação na Espanha no começo do ano que foi marcada pelos atentados a bomba contra trens em Madri que mataram 191 pessoas. O Partido Socialista prometia retirar as tropas espanholas do Iraque caso vencesse a eleição, e cumpriu a promessa. Howard, 65 anos, um fiel aliado do presidente americano, George W. Bush, enviou 2.000 tropas para participar da invasão do Iraque no ano passado e ainda mantém cerca de 850 militares no país. A decisão de participar da invasão provocou protestos em massa no ano passado, mas Howard avalia que com isso a Austrália ganhou respeito em todo o mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.