Primeiro-ministro diz que China precisa de reforma

O primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, afirmou que uma reforma no sistema político do país é necessária para sustentar o crescimento econômico, de acordo com a agência de notícias estatal Xinhua. "Não temos somente de conduzir uma reforma no sistema econômico, mas também no sistema político", afirmou, em viagem a Shenzhen. "Se não há garantias de uma reforma no sistema político, o resultado obtido na reforma econômica pode ser perdido e a meta da modernização pode não ser alcançada." Wen Jiabao acrescentou que é importante "garantir os direitos democráticos das pessoas e legitimar direitos e interesses".

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2010 | 21h07

Além disso, o premiê criticou "o problema da excessiva concentração de poder", explicando que devem ser criadas "condições para permitir que as pessoas critiquem e supervisionem o governo e punam firmemente a corrupção". Wen Jiabao não detalhou seus comentários, mas a fala reflete uma preocupação dos governantes da China com a corrupção e os abusos de poder, que se tornam uma grande ameaça ao Partido Comunista. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinareformademocracia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.