Primeiro-ministro do Iraque apresenta novo gabinete

Xiitas, curdos e sunitas fazem parte do governo, segundo prevê acordo firmado em novembro

Agência Estado

20 de dezembro de 2010 | 16h24

BAGDÁ - O primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, anunciou nesta segunda-feira, 20, a composição de seu novo gabinete, colocando fim a um período de nove meses de impasse político e vácuo de poder no país árabe, informou um destacado integrante da coalizão de governo.

 

O xiita Abdul Kareem Luaiby foi escolhido para chefiar o Ministério do Petróleo, em substituição a Hussein al-Shahristani, que deve assumir o posto de vice-primeiro-ministro para energia, disse o deputado governista Hassan al-Sinaid.

 

O curdo Hoshiyar Zebari manterá o cargo de ministro das Relações Exteriores na nova coalizão. O sunita Rafee al-Essawi, da coalizão secular al-Iraqiya e que foi vice-primeiro-ministro na última gestão, será o novo ministro das Finanças, prosseguiu Sinaid.

 

A nova composição do governo será submetida à apreciação do Parlamento na terça. Os parlamentares precisam aprovar individualmente cada um dos ministros, assim como o programa de governo. Al-Maliki tinha até o dia 25 para apresentar um novo gabinete.

 

As eleições legislativas de 7 de março não haviam dado a nenhum partido a maioria para governar sozinho o país. Desde então, al-Maliki e o ex-premiê Iyad Allawi, líder da coalizão secular, competiam para formar um novo governo. O bloco de Allawi, a Al-Iraqyia, teve dois assentos a mais que a Aliança do Estado de Direito, de al-Maliki.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.