Primeiro-ministro do Japão visitará China pela 1ª vez

Taro Aso, eleito no último dia 24, tem programado reunir-se em Pequim com o presidente da China, Hu Jintao

EFE

05 de outubro de 2008 | 00h31

O primeiro-ministro japonês, Taro Aso, deve visitar pela primeira vez a China no final do mês, para participar de uma cúpula de líderes europeus e asiáticos, o que poderia atrasar a convocação das eleições gerais. Aso, eleito primeiro-ministro do Japão pelo Parlamento no último dia 24, tem programado reunir-se em Pequim com o presidente da China, Hu Jintao, e com o primeiro-ministro, Wen Jiabao. O primeiro-ministro japonês participa nos dias 24 e 25 de outubro da reunião da Conferência Ásia-Europa (Asem) e também de uma cerimônia que lembrará o 30º aniversário da conclusão do tratado de paz e amizade entre Japão e China. O primeiro-ministro do Japão, logo após ser eleito, assinalou que quer se concentrar na complicada situação econômica e em resolver a aprovação do orçamento extra solicitado à Dieta (Parlamento), por isso que a data do pleito está em suspenso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.