Primeiro-ministro holandês apresenta renúncia à rainha

O primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, e seu gabinete apresentaram hoje sua renúncia à rainha Beatriz após o colapso da aliança parlamentar do governo com o Partido para a Liberdade (PVV, na sigla em holandês), de extrema direita.

AE, Agência Estado

23 de abril de 2012 | 11h43

O rompimento do PVV com o governo ocorreu depois de terem fracassado no sábado, após várias semanas, negociações sobre um novo pacote de austeridade fiscal.

"O primeiro-ministro Mark Rutte ofereceu a renúncia de seu gabinete à Sua Majestade, a rainha holandesa Beatriz", disse o governo em comunicado. As informações são da Dow Jones e Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
holandarenúncia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.