Bernat Armangue/Arquivo/AP
Bernat Armangue/Arquivo/AP

Primeiro-ministro israelense anuncia antecipação de eleições

De acordo com o jornal israelense 'Haaretz', Netanyahu faz anúncio para 'evitar o fortalecimento dos rivais'

estadão.com.br,

09 de outubro de 2012 | 13h43

Texto atualizado às 15h32

 

TEL-AVIV - O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, anunciou na noite desta terça-feira, 9 (horário local), a antecipação das eleições no país. Segundo a AFP, Netanyahu convocou as eleições para "o quanto antes". "Prefiro um processo (eleitoral) rápido de três meses a todo um ano", declarou.

 

Veja também:

linkPremiê de Israel pede apoio a orçamento ou convocará eleições

linkObama e Netanyahu garantem unidade contra programa nuclear do Irã

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

 

Em um discurso transmitido pela TV, Netanyahu disse que chegou à conclusão de que a coalisão que lidera não seria capaz de chegar a um acordo com relação ao orçamento nacional. "Por isso decidi, para o bem de Israel, antecipar eleições agora para o mais rápido possível", afirmou o premiê.

 

Analistas israelenses disseram mais cedo que era provável que Netanyahu agendasse a votação para o final de janeiro ou começo de fevereiro de 2013, meses antes do fim oficial de seu mandato, em outubro.

 

Pesquisas

 

Segundo o jornal israelense Haaretz, o líder do Likud, partido de direita, teria decidido pela antecipação, porque pesquisas de opinião realizadas no país sugerem que ele pode vencer confortavelmente.

 

Ainda de acordo com o jornal, Netanyahu tenta evitar que as legendas rivais fortaleçam suas plataformas. O Haaretz informou ainda que o premiê se reuniu com lideranças em sua coalizão para discutir a decisão de antecipar eleições.

 

Com Reuters e Efe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.