Primeiro-ministro japonês deve renunciar amanhã

O primeiro-ministro do Japão, Yoshiro Mori, anunciará amanhã a sua intenção de renunciar ao cargo, de acordo com matéria publicada no diário japonês Kyodo News. O jornal cita uma fonte não-identificada do governista Partido Liberal Democrata (PLD). Um membro da facção Hashimoto, a mais poderosa do PLD, confirmou que Mori anunciará sua decisão amanhã. O melhor momento para Mori efetivar sua saída deve ser no início de abril, após a aprovação do orçamento do país para o próximo ano fiscal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.