Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Primeiro-ministro palestino quer trégua, mas nega repressão

Um movimento rápido para firmar uma trégua com Israel, mas nada de repressão contra oas militantes palestinos, a despeito da crescente pressão dos EUA - é assim que o primeiro-ministro palestino, Ahmed Korei, resumiu sua política em entrevista à Associated Press, um dia depois de assumir o cargo.O plano básico de Korei difere muito pouco do de seu predecessor, Mahmoud Abbas, que também queria uma trégua com Israel e o desarmamento voluntário dos grupos palestinos mais violentos, e que renunciou após apenas quatro meses no posto.Como Abbas, Korei não aprece ter uma estratégia pronta para quebrar o impasse em torno da implementação do plano de paz proposto pelos EUA: Israel se recusa a avançar no programa enquanto os palestinos não desmantelarem suas organizações paramilitares. ?Estamos prontos, já a partir de amanhã, para negociar com eles (Israel) um amplo cessar-fogo?, disse Korei.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.