Primeiro-ministro turco faz exames cardíacos e passa bem

O primeiro-ministro turco, Recep TayyipErdogan, que foi hospitalizado nesta terça-feira em Ancara, está fazendo examescardíacos, mas "o problema não é grave", disse o ministro do Exterior, Abdullah Gul. Em uma de suas declarações, Gul afirmou que Erdogan "conseguiráse recuperar em breve". O chefe do governo turco já se encontrava debilitado nos últimosdias. Segundo Gul, o premier tinha problemas para dormir e para seAlimentar. Os médicos do hospital Guven, de Ancara, onde Erdogan foiinternado, disseram que não há razão para preocupações. Uma testemunha identificada como Mehmet Goksu disse que estava naporta do hospital quando o carro de Erdogan chegou. Aparentemente, oprimeiro-ministro estava inconsciente. Devido ao sistema de proteção do veículo, os guarda-costastiveram que quebrar uma das janelas do carro para poder tirarErdogan e colocá-lo em uma maca. A testemunha acrescentou que os guarda-costas tentaram abrir aboca do primeiro-ministro, aparentemente para que ele pudesseRespirar. Por sua parte, Denmir Mehmet Cilat, vice-presidente do Partido daJustiça e do Desenvolvimento - liderado por Erdogan -, explicou logoapós sair do hospital que o primeiro-ministro desmaiou devido a umaredução de seus níveis de açúcar. Segundo Cilat, os médicos esperam dar alta ao premier ainda nestaterça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.