Primeiro protesto em Pequim contra a Sars

Cerca de 60 pessoas protestaram hoje contra a criação de um centro de controle da epidemia de pneumonia atípica em um bairro residencial de Pequim.É o primeiro protesto do gênero na capital chinesa, a cidade mais atingida pela Síndrome Respiratória Aguda e Severa.Funcionários da equipe anti-Sars de Xiluoyuan, um bairro ao sul da cidade afirmaram que o protesto se deu na frente de um hospital.?Estamos preocupados que a Sars se espalhe entre nós?, disse um manifestante. ?O Hospital está justamente no meio de nossas casas?.Veja o índice de notícias sobre a pneumonia atípica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.