Primeiro trem atravessa "Ponte da Amizade"

A única ponte que une o Usbequistão e o Afeganistão foi reaberta hoje, depois de ter permanecido fechada desde 1997, com a passagem do primeiro trem transportando ajuda humanitária. A "Ponte da Amizade", como é conhecida a construção que passa sobre o Rio Darya, une a cidade usbeque de Termez com o povoado afegão de Hairaton, a cerca de 64 quilômetros de Mazar-i-Sharif. O exército soviético construiu a ponte durante sua guerra no Afeganistão e a usou para se retirar depois de sua derrota, há 12 anos. A ponte esteve fechada desde a tomada do Afeganistão pela milícia islâmica Taleban. O Usbequistão temia que o regime extremista a utilizasse para se infiltrar em seu território e espalhar a revolução. Acredita-se que com a reabertura da ponte a ajuda aos refugiados afegãos poderá chegar mais rapidamente a seu destino. O trem, decorado com faixas que diziam "do povo usbeque ao povo afegão", transportava 1.000 toneladas de grãos e farinha doadas pelo Usbequistão e pela ONU. O trem foi recebido no lado afegão pelo chefe militar Rashid Dostum, da etnia usbeque e que agora é o responsável pela região norte do país, uma área que engloba Mazar-i-Sharif.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.