Primeiros refugiados começam a chegar à Jordânia

O responsável regional pela Federação Internacional da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho, Christer Aguist, disse, em Amã, que o primeiro grupo de refugiados da guerra contra o Iraque a chegar à fronteira com a Jordânia é composto por 25 sudaneses. De acordo com a mesma fonte, outros 200 refugiados aguardam na fronteira, para entrar na Jordânia.Os refugiados são recebidos pela entidade, que instala um campo no meio do deserto, a 60 quilômetros da fronteira.O estabelecimento de um outro campo de refugiados deverá ser providenciado pelo Alto Comissariado para Refugiados das Nações Unidas (Acnur).A Jordânia calcula que pelo menos 60.000 pessoas buscarão refúgio perto de sua fronteira com o Iraque, situada a mais de 350 quilômetros de Amã.Em Genebra, o Acnur pediu hoje aos países vizinhos do Iraque que mantenham abertas suas fronteiras para permitir a passagem de eventuais refugiados.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.