Primeiros resultados no Zimbábue dão vitória à oposição

Nas eleições do sábado, o presidente Robert Mugabe, no poder desde 1980, buscou uma nova reeleição

EFE

30 de março de 2008 | 06h20

Os primeiros resultados da apuração das eleições gerais do Zimbábue, ainda muito dispersos e concentrados em centros urbanos, estão dando a vantagem ao opositor Movimento para a Mudança Democrática (MDC). Nas eleições do sábado, o presidente Robert Mugabe, no poder desde 1980, buscou uma nova reeleição. Seus principais rivais foram Morgan Tsvangirai, do MDC, e o candidato independente e ex-ministro das Finanças Simba Makoni. Os primeiros dados do cômputo dos votos, que dá a Comissão Eleitoral do Zimbábue e que estão sendo reproduzidos pelos meios de comunicação, dão como vencedor provisório Tsvangirai, seguido de Mugabe. A oposição costuma ter maior apoio político nos centros urbanos do país, que são as primeiras jurisdições a divulgar dados da apuração, enquanto Mugabe concentra seus apoios eleitorais nos setores rurais. Os dados, no entanto, não são indicativos do que pode ser o resultado final, já que nem sequer as autoridades eleitorais deram porcentagens do computado.

Tudo o que sabemos sobre:
Zimbábue

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.