Primo de primeiro-ministro interino do Iraque é libertado

Ghazi Allawi, primo do primeiro-ministro interino do Iraque, Ayad Allawi, foi libertado hoje por seus seqüestradores. Ghazi, de 75 anos, tinha sido seqüestrado por um homem armado em sua casa, em Bagdá, dia 9 de novembro. Junto com ele estavam sua mulher e sua nora, que está grávida. Não foram divulgados detalhes da libertação.As duas mulheres já haviam sido liberadas no último dia 15. Os seqüestradores, que se identificaram como militantes do grupo Ansar Al-Jihad, tinham ameaçado decapitar os reféns se todos os iraquianos presos não fossem libertados e se o cerco aos rebeldes de Faluja não fosse suspenso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.