Princesa japonesa é hospitalizada com placenta prévia

A princesa imperial Kiko foi internada nesta quarta-feira no hospital Aiiku, em Tóquio, onde será atendida até dar à luz por cesariana, por volta de 6 de setembro, um bebê que, se for menino, pode se transformar em herdeiro do Trono do Crisântemo.A princesa, de 39 anos, é a mulher do príncipe Akishino, segundo filho do imperador Akihito e irmão do príncipe herdeiro, Naruhito. Por enquanto, Naruhito não tem filhos homens.Kiko está grávida de 34 semanas e recebeu um diagnóstico de placenta prévia (implantação da placenta acima do colo do útero).Segundo a agência "Kyodo", que citou fontes oficiais, a hospitalização da nora do imperador tem o objetivo de garantir todas as condições de segurança para um parto sem problemas.Kiko chegou ao hospital, no centro de Tóquio, acompanhada de seu marido. Os dois tiveram tempo de saudar o público que se reuniu na entrada da clínica para ver a princesa.Será a primeira vez que uma mulher da família imperial dará à luz por cesariana.A Agência de Informação da Casa Imperial informou que o feto está se desenvolvendo normalmente.Não se sabe se o bebê será menino ou menina. Segundo a Casa Imperial, o príncipe Akishino não quer saber o sexo antes do nascimento.Se for um menino, seria o primeiro nascido na família imperial em 41 anos. O último foi seu pai, que nasceu em novembro de 1965.Desde 12 de julho, quando foram detectados os problemas com a placenta, Kiko tem ficado quase o tempo todo no palácio de Akasaka, no centro de Tóquio.Kiko e Akishino se casaram em 1990 e são pais de duas meninas, Mako e Kako, de 14 e 11 anos, respectivamente.O príncipe herdeiro Naruhito, de 46 anos, só tem uma filha, Aiko, de 4 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.