Principais respostas de Bin Laden a jornalista paquistanês

A seguir alguns trechos da entrevista concedida por Osama bin Laden ao jornalista paquistanês Hamid Mir, a primeira desde os atentados terroristas de 11 de setembro nos Estados Unidos.P - Depois do início dos bombardeios americanos de 7 de outubro, você disse à Al-Jazira que os atentados de 11 de setembro haviam sido obra de muçulmanos. Como sabia?R - Os mesmos americanos tornaram pública uma lista com nomes dos acusados pelos atentados, precisando que essas pessoas eram as implicadas. Eram todos muçulmanos, 15 sauditas, dois dos Emirados Árabes Unidos e um egípcio. Segundo minhas informações eles eram todos passageiros... Mas os americanos disseram que eram os sequestradores.P - Em sua declaração de 7 de outubro você expressou satisfação pelos ataques de 11 de setembro, apesar de um grande número de inocentes ter perdido a vida, entre eles centenas de muçulmanos. Justifica-se a matança de inocentes à luz dos ensinamentos islâmicos?R - Este é um importante ponto de jurisprudência. Se um inimigo ocupa um território muçulmano e usa seus civis como escudos humanos, é consentido atacar o inimigo (...) Os Estados Unidos e seus aliados estão promovendo massacres na Palestina, Chechênia, Caxemira e no Iraque. Os muçulmanos têm o direito de atacar os Estados Unidos em represália (...) Os ataques de 11 de setembro não pretendiam golpear mulheres e crianças; os verdadeiros objetivos eram os símbolos dos poderes militar e econômico dos Estados Unidos. O povo americano se rebelou contra seu próprio governo na guerra do Vietnã. O povo americano deve deter o massacre de muçulmanos promovido por seu governo.P - Alguns meios de comunicação ocidentais sustentam que você busca armas químicas e nucleares. O que há de verdade nessas afirmações?R - Escutei o discurso do presidente americano Bush, que tentou levar o medo aos países europeus, dizendo que Osama quer atacar com armas de destruição em massa. Preciso deixar claro que, se os Estados Unidos usarem armas químicas ou nucleares contra nós, poderemos responder com armas químicas ou nucleares. Temos essas armas como força de dissuasão.P - Onde adquiriu essas armas?R - Passemos à pergunta seguinte.P - Um diário francês sustenta que você sofre de problemas renais e que no ano passado esteve em Dubai para se tratar.R - Meus rins estão bem. No ano passado não estive em Dubai.P - É verdade que uma das filhas do mulá Omar é sua esposa, ou que sua filha está casada com o mulá?R - (Risos) Minhas esposas são todas árabes e todas minhas filhas se casaram com mujahedines árabes. Com o mulá tenho um vínculo espiritual. Ele é um grande e valente muçulmano de nossa época. Ele não teme nada, exceto Alá.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.