Principal negociador taiuanês com China apresenta renúncia

Chiang Pin-kung, de 77 anos, assegurou que renuncia devido a sua idade avançada

Efe,

06 de maio de 2009 | 05h23

O principal negociador taiuanês com a China, Chiang Pin-kung, protagonista de três rodadas de negociações que puseram fim a 10 anos sem contatos entre os dois lados, anunciou nesta quarta-feira, 6, sua saída do cargo.

 

Chiang, em sua carta de renúncia dirigida ao presidente taiuanês, Ma Ying-jeou, disse que já "cumpriu sua missão nesta etapa" das negociações entre Taiwan e China, informou nesta quarta o diário local "Lienhe Bao".

 

O negociador, de 77 anos, assegurou que renuncia devido a sua idade avançada e o desejo de passar mais tempo com sua família.

 

Nas últimas semanas, Chiang se queixou das "críticas exageradas e injustas" por parte de políticos opositores, que o acusavam de "conflito de interesses" diante dos supostos negócios na China de um de seus filhos.

 

O negociador negou as acusações e declarou que, após tomar posse de seu cargo, pediu a todos os seus familiares que não mantivessem relações econômicas com a China.

 

No mês passado, Chiang liderou a delegação taiuanesa na terceira rodada de negociações com a China, na qual foram alcançados importantes acordos financeiros, de cooperação judicial e de expansão dos voos diretos.

 

Recentes pesquisas mostram um apoio majoritário na ilha aos acordos assinados por Chiang com seu colega chinês, Chen Yunlin, sobre a abertura comercial entre Taiwan e China.

Tudo o que sabemos sobre:
TaiwanChinanegociação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.