Príncipe Charles nega escândalo. Que escândalo?

O escândalo não está nas páginas de jornal e poucos sabem do que se trata. Mas na Inglaterra só se fala dele. A tal ponto que o príncipe Charles, invocando sua condição de príncipe herdeiro, teve de negá-lo veementemente hoje. As alegações sobre o suposto escândalo são ?totalmente ridículas?, disse através de um de seus assessores.O príncipe chegou ao ponto de fazer uma declaração escrita, onde assume que é o membro da família real citado no alegado incidente escandaloso e negando que alguma vez tenha acontecido. Seu secretário, Sir Michael Peat justificou a necessidade de nega-lo porque ?as alegações tornaram-se correntes e há muita especulações e insinuações a respeito?. As revelações do suposto escândalo foram feitas por um ex-servente real e são objeto de uma ação legal, que proíbe que sejam divulgadas. ?Mesmo que não possa referir-me especificamente a elas?, disse sir Peat, ?quero deixar claro que são completamente inverídicas e sem fundamento. Para qualquer um que conheça o príncipe de Gales, elas são ridículas.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.