Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Príncipe Charles sugere proibição de McDonald´s

O príncipe Charles da Inglaterra entrou em conflito com o McDonald´s ao sugerir durante uma visita a um centro médico de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, que a saúde da população melhoraria com uma proibição da rede de fast-food, segundo informações da imprensa do Reino Unido nesta quarta-feira, 28.Quando a nutricionista Nadine Tayara, do Centro para o Diabetes do London College, em Abu Dhabi, expôs ao príncipe de Gales as iniciativas para melhorar a dieta dos habitantes dos Emirados, ele perguntou se tinham tentado proibir a McDonald´s. "Isto é fundamental", comentou.A imprensa britânica repercute nesta quarta-feira, 28, as palavras do herdeiro do trono britânico, entusiasta dos alimentos orgânicos, e a rápida reação da McDonald´s.A empresa acusou o herdeiro de não estar a par das suas mudanças e da sua atual contribuição para a melhora da dieta dos consumidores e da "agricultura sustentável".A residência oficial do príncipe se viu obrigada a emitir uma nota segundo a qual Charles "há tempos destaca a importância de uma dieta equilibrada, especialmente para as crianças"."Na sua visita ao centro de diabetes, ele falou da necessidade de as crianças terem uma dieta variada e não abusarem de um alimento específico", acrescenta a nota.A imprensa britânica diz que nem a própria família de Charles segue seus conselhos. Os príncipes William e Harry costumavam ir com sua mãe, a princesa Diana, a uma casa de hambúrgueres londrina, que não era no entanto da rede McDonald´s.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.