Príncipe Harry nega ter agredido fotógrafo

A família real britânica negou neste domingo, 25, que o príncipe Harry tenha agredido um fotógrafo após ter saído embriagado de uma boate em Londres, contradizendo informações de tablóides. Vários jornais britânicos colocaram em suas capas o jovem herdeiro de 22 anos caindo ao chão e agarrando o fotógrafo Nirach Tanweer. "Ele estava muito bêbado", disse Tanweer a um jornal. "Eu fiz algumas fotos dele e ele veio atrás de mim. Foi uma agressão. Eu nunca vi algo assim." O porta-voz de Harry disse que o príncipe, que já teve problemas anteriores com bebida quando era menor de idade, tropeçou e caiu enquanto saía da boate, mas não xingou nem agrediu o fotógrafo. "Todos os lados riram por causa disso", disse o porta-voz. "Não houve intenção de agressividade. Ele não estava lutando." Harry, que é segundo tenente do Exército Britânico, deve servir na guerra do Iraque quando seu regimento for convocado em maio ou junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.