Príncipe Harry se diverte na ilha croata de Hvar

Ao ser descoberto, Harry convidou jornalista para tomar vodka e uísque com ele

Efe

29 de agosto de 2011 | 08h14

Zagreb - Com cinco guarda-costas e cerca de 15 amigos, o príncipe Harry da Inglaterra chegou no domingo em seu barco à cidade de Hvar, na homônima ilha croata do litoral central do mar Adriático, para se divertir bebendo e dançando em uma das discotecas locais, informaram nesta segunda-feira a imprensa croata.

 

Embora Harry e seu séquito tenham chegado a Hvar de madrugada e tentado passar despercebidos, foram descobertos por um repórter do jornal croata "Jutarnji list" do qual não puderam se desfazer e ao qual Harry no final convidou para tomar com ele várias taças de vodca e uísque.

 

Segundo o jornalista, o próprio Harry, de 27 anos e filho mais novo do príncipe Charles e de lady Di, lhe disse: "Agora você pode contar a todos que bebeu com um príncipe".

 

O príncipe Harry, terceiro na linha de sucessão ao trono britânico, assegurou ao repórter que "está passando um tempo ótimo na Croácia" e que é a primeira vez que vai a este país.

 

"Jutarnji list" assegura que o príncipe britânico bebeu e dançou muito na madrugada de sábado para domingo, se jogando vestido várias vezes à piscina da discoteca.

 

De manhã se retirou para seu barco ancorado perto de Hvar, ilha croata conhecida como lugar de boa diversão durante o verão, que já foi visitada por membros de várias casas reais europeias.

 

O prefeito de Hvar, Pjerino Bebic, confirmou à agência de notícias croata "Hina" que o príncipe Harry está na ilha, mas disse que ele e seus acompanhantes não pediram nada das autoridades locais.

 

Bebick manifestou que o príncipe ficaria pelo menos quatro ou cinco dias na ilha e expressou seu desejo de que passe bem durante sua estadia.

 

"Hina" cita outras testemunhas que asseguram que Harry e seus amigos comeram marisco em um restaurante de Hvar antes do fim de semana passado, mas teriam passado nessa ocasião despercebidos pela imprensa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.