Príncipe Harry será voluntário na África

O príncipe Harry passará dois meses na África trabalhando em projetos de assistência a mães jovens e a crianças pobres, anunciou nesta quinta-feira a assessoria de imprensa de seu pai. A residência oficial do príncipe Charles informou que Harry, de 19 anos, participará de projetos comunitários em diversas comunidades africanas durante oito semanas. Uma porta-voz disse que "por questões de segurança e privacidade" as datas e os países a serem visitados pelo príncipe não serão anunciados com antecedência. No ano passado, Harry aproveitou as férias de seus estudos em Eton e sua conscrição na academia militar de Sandhurst para trabalhar em um rancho na Austrália. Na África, ele deverá observar como as agências internacionais e as organizações humanitárias fornecem ajuda e apoio a pessoas em circunstâncias difíceis, resumiu a residência oficial do príncipe Charles.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.