Príncipe Harry volta à Inglaterra e nega tentativa de seqüestro

O príncipe Harry voltou à Inglaterra nesta sexta-feira, vindo da Argentina, depois de ser informado de que um suposto tiroteio havia ocorrido na fazenda na qual estava hospedado.A residência Clarence, escritório de seu pai, o príncipe Charles, informou que desde o princípio Harry havia planejado voltar hoje e se negou a comentar sobre a notícia publicada em jornais argentinos de que teria ocorrido uma tentativa de seqüestro.De acordo com os jornais do país, os guardas da fazenda onde estava Harry na Argentina escutaram tiros nas primeiras horas de quarta-feira e responderam com disparos para o ar. A polícia disse que os disparos devem ter sido feitos por caçadores e que o príncipe, que trabalhou na fazenda durante grande parte de novembro, não correu nenhum risco.Segundo o jornal britânico Daily Mail, jornais argentinos traziam reportagens sobre a ida de Harry a discotecas e bares, comportamento que teria atraído a atenção de criminosos que estariam planejando seqüestrá-lo.O tablóide The Sun publicou reportagem dizendo que Harry estava indo a discotecas sem seguranças, ficando bêbado e depois dirigindo uma moto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.