Príncipe Henry fará parte da Guarda Real

O príncipe Henry da Inglaterra entrará para a Guarda Real quando acabar seus estudos na academia militar de Sandhurst, a mais disputada do Reino Unido, anunciou nesta quarta-feira Clarence House, porta-voz oficial do príncipe Charles, herdeiro de Corona.Henry, de 21 anos e terceiro na linha de sucessão ao trono da Inglaterra, será incorporado às filas do batalhão "Blues and Royals" assim que acabar seus estudos em Sandhurst, nos arredores de Londres, no mês de abril. Segundo filho do Príncipe Charles, ele se converterá em tenente da Guarda Real, regimento mais importante e antigo do exército inglês, e poderá ser enviado ao Iraque.O príncipe também baseou sua decisão na "variedade de papéis" que pode desempenhar nessa prestigiosa unidade do exército, que vão desde apoio a outros esquadrões em um conflito até a participação de cerimônias reais. Entretanto, Henry não precisará participar de determinados deveres cerimoniais, como fazer a guarda do palácio de Buckingham, enfrente à multidão de turistas e curiosos que cercam todo dia a residência oficial da rainha Elizabeth II.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.