EFE
EFE

Príncipe William se reúne com Obama na Casa Branca

Casal real viaja aos EUA pela primeira vez desde o anúncio da gravidez do seu segundo filho; duquesa Catherine cumpre agenda em Nova York

O Estado de S. Paulo

08 de dezembro de 2014 | 16h42


WASHINGTON - O príncipe William, duque de Cambridge, visitou a Casa Branca e nesta segunda-feira, 8, onde manteve uma reunião com o presidente dos EUA, Barack Obama, no Salão Oval. Sua mulher, a duquesa Catherine, permaneceu em Nova York.

O casal, que espera seu segundo filho para abril, chegou no domingo a Nova York para uma visita de três dias. Hoje de manhã o duque tomou um avião comercial para Washington, de acordo com um porta-voz do Palácio de Buckingham.

Por volta das 10h (local, 13h em Brasília), o duque chegou à Casa Branca, fez um tour pela residência presidencial e foi recebido pelo vice-presidente americano, Joe Biden, e sua mulher, Jill. Depois, o neto da rainha Elizabeth II teve uma breve reunião com Obama no Salão Oval.

Eles conversaram descontraidamente diante das câmaras, mas não fizeram declarações aos jornalistas. Antes de retornar a Nova York, hoje, o príncipe fará uma conferência sobre o combate ao tráfico de animais selvagens na sede do Banco Mundial (BM) em Washington.

Em Nova York, a duquesa de Cambridge visitou hoje um centro de infância em Harlem junto com a mulher do prefeito, Chirlane McCray, e almoçou com empresários e artistas britânicos que vivem na cidade.

À tarde, William e Kate irão a uma recepção organizada pela Royal Foundation e a Fundação Clinton, que estará representada pela ex-secretária de Estado Hillary Clinton e sua filha, Chelsea. À noite, o casal assiste a uma partida da NBA entre os Brooklyn Nets e os Cleveland Cavaliers.

Na terça-feira, eles visitarão o monumento e o museu dedicados aos atentados do 11 de Setembro e irão a um jantar no Metropolitan Museum. O príncipe participará também de um evento no Empire State Building junto com o prefeito de Nova York, Bill de Blasio.

Esta é a primeira viagem de Kate ao exterior desde o anúncio da gravidez do segundo filho do casal, uma menina, que será a quarta na linha de sucessão ao trono após seu irmão, o príncipe George. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.