Raad al-Adayleh / AP
Raad al-Adayleh / AP

Príncipe William chega a Israel para visita à Terra Santa

Esta é a primeira visita de um membro da família real a Jerusalém desde 1948, quando o mandato britânico chegou ao fim na região; duque de Cambridge também visitou sítio arqueológico da Jordânia ao lado do príncipe herdeiro Hussein bin Abdallah

O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2018 | 11h35
Atualizado 25 de junho de 2018 | 14h46

TEL-AVIV, ISRAEL - O príncipe William, da Inglaterra, chegou a Israel nesta segunda-feira, 25, para a primeira visita de um integrante da família real à Terra Santa desde 1948, quanto terminou o mandato britânico na região. O avião da Força Aérea Real pousou no Aeroporto Ben-Gurion, em Tel-Aviv. Dali, o príncipe segue para Jerusalém.

Mais cedo, ele esteve na cidade jordaniana de Jerash, onde visitou o sítio arqueológico romano de mesmo nome na companhia do príncipe herdeiro Hussein bin Abdallah e se reuniu com crianças sírias e jordanianas.

+ Príncipe Harry e Meghan participam de homenagem ao aniversário da rainha

+ Irmã de rainha Máxima da Holanda é encontrada morta em Buenos Aires

O duque de Cambridge chegou no domingo à Jordânia para a primeira etapa da viagem oficial pelo Oriente Médio, que inclui Israel e os territórios palestinos.

+ Harry e Meghan unem tradição e modernidade em casamento

+ Príncipe e atriz se casam em festa de R$ 160 milhões

Em Jerash, cerca de 50 km ao norte de Amã, o príncipe William, de 36 anos, e o príncipe Hussein, de 23 anos, cruzaram o Cardo Maximus, uma avenida de 800 metros de extensão, e pararam no Templo de Artêmis, construído no século II.

Estudantes sírios e jordanianos beneficiários de um programa de ajuda apoiado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) esperavam os dois príncipes no teatro antigo com cantos e poemas.

Na Jordânia, há cerca de 650 mil refugiados sírios registrados pelas Nações Unidas desde o início da guerra em seu país, em 2011. Amã calcula que sejam mais de 1,3 milhão, o que, segundo as autoridades, custou mais de US$ 10 bilhões ao reino.

Após sua chegada no domingo a Amã, William viu a partida de futebol válida pela Copa do Mundo entre Inglaterra e Panamá na companhia do jovem príncipe jordaniano e postou fotos do momento. / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.