Problema técnico interrompe buscas no Google da China

O Google informou que um problema técnico fez com que as pesquisas em seu site ficassem inacessíveis hoje, na China. A empresa afirmou que o problema fez com que o sistema de censura aplicado no país - conhecido como o "grande firewall" - bloqueasse as pesquisas que normalmente não seriam bloqueadas. Uma porta-voz da empresa disse que o problema "parece ter sido acionado por uma mudança da parte do Google". "No momento, estamos analisando como resolver esta questão", disse ela.

AE, Agência Estado

30 de março de 2010 | 15h47

Usuários de internet têm monitorado a disponibilidade dos serviços do Google depois que a empresa parou de censurar seu mecanismo de busca na semana passada. A empresa de internet começou a redirecionar os usuários da China para uma versão sem censura de seu mecanismo de busca em Hong Kong.

Dezenas de usuários em cidades da China relataram, a partir da noite de terça-feira (horário local), que todas as buscas na web - mesmo de termos como "felicidade" ou "árvore" - no site do Google de Hong Kong produziam uma mensagem de erro dizendo que a página não poderia ser aberta. Pesquisas feitas a partir da China no principal site do Google, o Google.com, também produziram mensagens de erro para muitos usuários.

Desde que o Google transferiu os usuários para um serviço que não sofre censura, os filtros de internet da China, que podem ser ativados por termos e frases em endereços na internet, continuaram a bloquear usuários que buscam alguns resultados considerados sensíveis. Porém, nesta terça-feira, a abrangência desses bloqueios estava mais ampla. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinacensurainternetGooglebuscas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.