Processo contra governador é adiado

A votação sobre a suspensão do governador do Departamento (Estado) boliviano de Santa Cruz, Rubén Costas, foi adiada ontem. Apenas 13 dos 28 deputados da Assembleia Departamental estavam na reunião. Costas, um dos representantes da oposição da Meia-Lua, a parte mais rica do país, é acusado de desviar recursos na realização de um referendo em 2008. Ele diz ser perseguido pelo governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.