Processo de paz continua, diz Colin Powell

O secretário de Estado americano, Colin Powell, disse que os esforços pela paz entre israelense e palestinos continuarão, a despeito ddos dois atentados suicidas desta terça-feira, que quebraram a trégua assinada pelos grupos palestinos armados. Powell ressalvou, no entanto, que ?nunca chegaremos lá enquanto as pessoas continuarem a participar de atividades terroristas, e vemos a resposta às atividades terroristas, necessária para autodefesa?.O governo israelense disse que os atentados são prova de que o primeiro-ministro palestino, Mahmoud Abbas, e seu chefe de segurança, Mohammed Dahlan, vêm se esquivando de suas responsabilidades frente ao plano de paz patrocinado pelos EUA. Tropas israelenses cercaram a cidade palestina de Nablus e impiseram um toque de recolher nas vilas próximas, além de adiar a libertação de 76 palestinos presos, nenhum envolvido em atos de violência contra Israel. Eles já tinham embarcado em seus ônibus quando receberam ordem de voltar à prisão.Mahmoud Abbas, por sua vez, afirmou que as facções palestinas continuam comprometidas com a trégua, e culpou Israel pela escalada nas tensões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.