Procuradoria alemã descobre plano para explodir avião

Um grupo de terroristas está sob suspeita de ter preparado um atentado com explosivos contra um avião de passageiros na Alemanha há alguns meses, assegurou nesta segunda-feira a Procuradoria federal. A Procuradoria acrescentou que investiga cinco pessoas detidas na sexta-feira, mas libertadas no fim semana, e uma outra que já se encontrava antes na prisão. A Procuradoria parte da informação de que em meados deste ano os suspeitos entraram em contato com uma pessoa que tinha acesso à área de segurança de um aeroporto. Esta pessoa se disse disposta a introduzir uma mala ou uma bolsa com explosivos em um avião, em troca de dinheiro. Em várias ocasiões, os suspeitos contataram os líderes do grupo, ainda não identificados, sem chegar a um acordo sobre o montante da remuneração que deveria ser paga ao contato no aeroporto, o que impediu um acordo definitivo. Na sexta-feira, foram ordenadas revistas em nove casas nos estados federados de Hessen e Renânia-Palatinado, levando à detenção dos suspeitos. Segundo a Procuradoria, com essas revistas se pretendia obter provas sobre o estado em que estavam os planos de atentados, assim como indícios que apontem a identidade dos líderes e a organização terrorista à qual pertencem. A Procuradoria se negou a dar mais informações devido ao estado em que se encontram as investigações.

Agencia Estado,

20 Novembro 2006 | 09h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.