Procuradoria de Illinois pede afastamento de governador

A procuradora-geral do Estado de Illinois entrou com um pedido na mais alta corte estadual para afastar o governador Rod Blagojevich, acusado de tentar vender uma vaga de senador. Lisa Madigan tomou a ação hoje, enquanto aumenta a pressão para o governador democrata renunciar. O pedido coloca em questão a capacidade de Blagojevich ocupar o cargo e pede que a Suprema Corte de Illinois o afaste. Madigan deu uma coletiva de imprensa hoje em Chicago para explicar a moção. Enquanto Madigan explicava a moção, Blagojevich reuniu-se em casa com religiosos, rezou e declarou ser inocente. O governador está pressionado desde terça-feira, quando chegou a ser preso sob acusação de tentar vender a cadeira no Senado que ficará vaga com a posse do presidente eleito, Barack Obama. Blagojevich foi liberado sob fiança e seus advogados insistem que ele é inocente.Promotores divulgaram trechos de gravações, durante os quais o governador discutia como obter vantagens em troca do posto no Senado. Blagojevich também pressionou a companhia Tribune Co. a demitir jornalistas que escreveram textos críticos a ele no Chicago Tribune. Agentes do Federal Bureau of Investigation (FBI, a polícia federal dos EUA) prenderam Blagojevich na terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.