Prodi vai apoiar Ségolène Royal em passeata nesta semana

O primeiro-ministro da Itália, Romano Prodi, vai apoiar a candidata socialista francesa à Presidência, Ségolène Royal, em uma grande passeata nesta semana, disse ela nesta terça-feira, trazendo o segundo líder europeu em uma semana para aumentar suas chances no pleito. A socialista Ségolène, que está atrás do rival de direita Nicolas Sarkozy nas pesquisas para o segundo turno em 6 de maio, disse que Prodi ofereceu-se para juntar-se a ela no cidade de Lyon na sexta-feira. "É uma contribuição muito importante porque nós talvez tenhamos de reconstruir a Europa sobre novas bases", disse Royal sobre Prodi, que lidera um governo de centro-esquerda na Itália. Tanto Sarkozy quanto Ségolène precisam cortejar partidários do candidato centrista que ficou em terceiro lugar no primeiro turno no domingo, Francois Bayrou, se quiserem ganhar a eleição. Prodi louvou Bayrou como um "corajoso europeu" antes do primeiro turno da eleição. Na segunda-feira, ele fez um apelo para Royal forjar uma aliança com o centrista, dizendo: "Isto daria alguma claridade e ordem para a cena política francesa". Royal reiterou uma oferta a Bayrou na terça-feira para tomar parte em um debate público para ver se eles compartilham visões comuns no núcleo político. Bayrou deve dar uma coletiva na quarta-feira, mas aliados dizem que é improvável que ele apóie algum dos candidatos. A viagem de Prodi à Lyon acontece apenas uma semana depois de o primeiro-ministro espanhol, José Luís Rodriguez Zapatero, ter elogiado as qualidade de Ségolène em um evento da campanha na cidade de Toulouse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.