Produtor de vídeo anti-Islã é preso nos EUA

Nakoula Besseley Nakoula teria violado sua condicional, que não permitia pseudônimos nem acesso à internet

LOS ANGELES, O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2012 | 03h01

Nakoula Besseley Nakoula, de 55 anos, produtor do filme Inocência dos Muçulmanos, que desatou uma onda de violência nos países islâmicos, foi preso ontem em Los Angeles. De acordo com a promotoria, no entanto, o motivo da detenção não teria relação com o conteúdo do vídeo anti-islâmico. Segundo Thom Mrozek, do escritório do promotor, Nakoula teria violado os termos de sua liberdade condicional.

"Posso confirmar que ele está preso e participará de audiência na corte federal no centro de Los Angeles", disse Mrozek. Nakoula foi condenado a 21 meses de prisão em 2010 por fraude bancária. Após cumprir um ano em regime fechado, saiu sob liberdade condicional.

Pelos termos da liberdade condicional, ele não poderia utilizar a internet por um período de cinco anos sem autorização prévia nem usar pseudônimos sem comunicar à polícia. / AP, AFP e REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.