Professor cega menina que não respondeu pergunta na Índia

Ele enfiou um alfinete em um dos olhos da menina de seis anos que não conseguiu responder a uma pergunta

REUTERS

08 de janeiro de 2009 | 10h36

Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira. A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula. "É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira. Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial. O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira. "Vamos tomar uma atitude forte", disse. O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor. (Reportagem de Sujeet Kumar)

Tudo o que sabemos sobre:
INDIAMENINACEGADA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.