Professor dos EUA é acusado de abusar 20 menores

Um professor do ensino fundamental dos EUA, que trabalhou por quase quatro décadas no sistema educacional de Los Angeles, foi preso sob suspeita de abusar sexualmente de 20 alunos e um adulto, de acordo com a polícia.

AE, Agência Estado

24 de janeiro de 2013 | 09h38

Após uma investigação de 10 meses, oito acusações de abuso sexual contínuo e sete acusações de atos obscenos contra crianças foram apresentadas contra Robert Pimentel, de Newport Beach. Os abusos ocorreram na escola primária George De La Torre Jr. na região de Wilmington, disse o diretor Christopher No à Associated Press.

Além dos 15 crimes, as outras vítimas ainda devem registrar as acusações, disse No. A fiança de Pimentel foi fixada em US$ 12 milhões.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPEDOFILIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.