Professor nega que tenha contato com guerrilha paraguaia

O professor Edson Antônio Albertão, filiado ao Psol, disse nunca ter ouvido falar "nesse tal Exército do Povo Paraguaio". "Não conheço ninguém desse tal Exército. Nunca ouvi falar nem tive contato com ninguém. Não conheço nenhuma atividade no Paraguai", afirmou Albertão. Ele admite, contudo, contato com líderes das Farc ? e até tê-los hospedado no passado. "As Farc não reconhecem nenhuma ação política fora da Colômbia. Ainda mais com tráfico de drogas. Vê se isso faz sentido? Eu sou um professor!"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.