Professora britânica pega 15 dias de prisão

A professora britânica Gillian Gibbons, de 54 anos, foi sentenciada ontem no Sudão a 15 dias de prisão por ter permitido que seus alunos colocassem o nome de Mohammed (Maomé) em um ursinho de pelúcia. O ato foi considerado uma ofensa ao Islã. Após o fim da sentença, Gibbons será obrigada a deixar o país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.