Programa nuclear iraquiano estava incapacitado, diz ONU

Os inspetores de armas da ONU encontraram o programa nuclear iraquiano em estado de desorganização, e muito provavelmente incapaz de apoiar qualquer esforço no sentido de construir armas, diz o chefe da agência atômica das Nações Unidas em um relatório secreto, obtido pela Associated Press.O chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed El-Baradei, insiste que seus especialistas não descobriram nenhum sinal de programas de armas nucleares antes de serem forçados a deixar o Iraque, pouco antes do início da guerra.?A agência observou uma degradação substancial nas instalações, nos recursos financeiros e nos programas, em todo o Iraque, que poderiam apoiar uma infra-estrutura nuclear?, diz El-Baradei em um relatório à direção da AIEA, composta por 35 países e que está reunida em Viena nesta semana.Os EUA e a Grã-Bretanha invadiram o Iraque com o pretexto de que a ditadura de Saddam Hussein vinha desenvolvendo armas nucleares, químicas e biológicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.