Proibição russa a adoção por americanos entra em vigor

A proibição da Rússia para adoção de crianças por famílias dos Estados Unidos entra em vigor nesta terça-feira, dias depois que a sanção do presidente Vladimir Putin deflagrou uma reação internacional.

AE, Agência Estado

01 de janeiro de 2013 | 12h25

A proibição é parte de uma retaliação contra a aprovação nos EUA de sanções contra funcionários russos envolvidos na morte do advogado preso Sergei Magnitsky.

Opositores dizem que a decisão faz com que os órfãos russos sejam as vítimas da contenda diplomática entre os dois países.

A lei russa entra em vigor depois de ser assinada por Putin em 28 de dezembro, segundo a mídia estatal russa. A lei também prevê que cidadãos americanos que prejudicaram os direitos dos russos não podem entrar na Rússia e permite que autoridades fechem organizações governamentais financiadas pelos EUA. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaadoçãocriançasEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.