Projeto alemão escolhido para o lugar do WTC

Um complexo de torres angulares e uma espiral que estaria entre as estruturas mais altas do mundo foi escolhido para ocupar o lugar do World Trade Center (WTC), em Nova York, informa a BBC. O projeto do arquiteto alemão Daniel Libeskind é centrado em torno da cratera que se formou no lugar do World Trade Center e prevê uma espiral de 541 metros, onde seriam construídos jardins.A proposta do alemão derrotou o projeto da outra equipe finalista, liderada pelos arquitetos novaiorquinos Rafael Vinoly e Frederic Schwartz. Eles propunham a construção de duas torres decorativas de aço em memória das que foram destruídas nos ataques de 11 de setembro de 2001.O governador do Estado de Nova York, George Pataki, e o prefeito da cidade, Michael Bloomberg, tinham deixado claro que preferiam o projeto de Libeskind. Os primeiros projetos para o WTC foram criticados por não terem inspiração, e a lista de candidatos foi reduzida a duas equipes de arquitetos internacionais.Libeskind, autor do projeto para o Museu Judeu de Berlim, gostaria de manter o máximo possível da cratera em que se transformou o lugar onde ficava o WTC para um provável memorial.O projeto específico para o memorial deve ser escolhido ainda este ano, mas em uma competição separada.Embora o projeto de Libeskind tenha sido escolhido, funcionários envolvidos no processo dizem que haverá mais debates em torno do refinamento da proposta. Emma Simpson, correspondente da BBC em Nova York, diz que dinheiro e pressões comerciais provavelmente terão influência sobre o que será finalmente construído no local.As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.