Projeto de lei de Morales torna nacionalização definitiva

O presidente da Bolívia, Evo Morales, entregou na segunda-feira, 26, à Câmara dos Deputados os projetos de lei que darão vigência definitiva à nacionalização de hidrocarbonetos decretada há 10 meses.Os projetos foram entregues por Morales ao presidente da Câmara dos Deputados, Edmundo Novillo. Eles corrigem os erros das leis aprovadas em novembro para ratificar os 44 contratos assinados pela estatal Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB) com a Petrobras e várias multinacionais.Depois da Câmara dos Deputados, na qual o governo tem maioria, os projetos devem ser examinados pelo Senado, dominado pela oposição.Morales disse que aprovar as leis "é importante" para completar o processo de mudança e para aumentar a receita do Tesouro Geral da Nação.Ele acrescentou que espera que com os novos contratos asmultinacionais cumpram os compromissos de investimento de US$ 3 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.