Projeto no Irã quer aumentar enriquecimento de urânio

Cerca de 100 legisladores iranianos entregaram um projeto ao Parlamento que pretende obrigar o governo a aumentar o nível de enriquecimento de urânio para 60% no caso do país sofrer a imposição de novas sanções, segundo informou a rede de televisão estatal nessa quarta-feira.

Agência Estado

25 de dezembro de 2013 | 17h52

De acordo com a emissora, o projeto seria colocado na agenda do parlamento para debate, mas ainda não há data definida para a discussão. O projeto de lei tem que ser aprovado por, no mínimo, 290 parlamentares da Casa.

A ação provavelmente é uma resposta a outro projeto introduzido no Senado norte-americano na última semana que prevê a autorização de novas sanções econômicas contra o Irã, rompendo o acordo nuclear alcançado em Genebra, no mês passado.

No acordo, o Irã concordou em limitar o enriquecimento de urânio em 5% e neutralizar o arsenal do material enriquecido a 20% em troca da flexibilização de algumas sanções e da não imposição de novas restrições. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãacordonuclearprojeto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.