Projeto rende US$ 2 bi anuais

O parque industrial de Kaesong, no qual 123 companhias sul-coreanas empregam mais de 50 mil norte-coreanos na fabricação de produtos de uso doméstico, rende à Coreia do Norte US$ 2 bilhões anuais em intercâmbio comercial e é uma de suas poucas vias de entrada de divisas estrangeiras. O complexo também representa um símbolo de cooperação entre as duas Coreias. Os US$ 2 bilhões anuais que o projeto rende reduzem a dependência da China, que, em 2012, gerou um intercâmbio de US$ 6 bilhões, segundo estimativas de Seul. Kaesong produz também mais de US$ 80 milhões anuais em salários, pagos ao governo e não aos trabalhadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.